English Version

Álcool e desempenho esportivo: muito além da barriguinha de chopp

16 Novembro 2022

Consumo nocivo de álcool pode ser uma rasteira no seu desempenho esportivo. Leia e saiba os problemas que podem afetar desde o futebol de várzea até a Copa do Mundo.  

 

Cada vez mais, os profissionais da saúde vêm recomendando a prática de atividade física como uma das formas de combater, prevenir e tratar o consumo nocivo de álcool e o alcoolismo. Esportes e o consumo de álcool são considerados atividades contrárias. Isso acontece porque o consumo de álcool atrapalha o desempenho nas atividades físicas, e essa piora pode ser observada antes, durante e depois da prática do exercício. 

Um dos efeitos mais conhecidos do consumo de álcool é a desidratação, tema já abordado pelo CISA em uma entrevista com a médica Luciana Haddad, que salienta o impacto negativo da desidratação causada pelo álcool somada àquela que naturalmente ocorre durante a atividade física. Alguns estudos mostram que estar desidratado durante a prática de um esporte afeta a agilidade, rapidez e balanço corporal1,2

Uma revisão de estudos sobre a saúde de jogadores de futebol jovens mostra que este grupo está particularmente propenso a ter problemas com a termorregulação durante o jogo; assim, um aumento excessivo da temperatura corporal pode afetar o desempenho destes jovens3. Ainda sobre  a desidratação, um estudo com jogadores profissionais de futebol mostrou que estes atletas estavam abaixo do nível de hidratação corporal ideal em 80% do tempo, considerando o momento de chegada ao estádio até o pós-jogo4, mesmo sem o consumo de álcool.  Este dado mostra tanto a necessidade de maior reforço na hidratação dos atletas quanto o prejuízo que o consumo de álcool pode causar para eles ou qualquer pessoa que esteja praticando alguma atividade esportiva. 

Mesmo o álcool consumido no dia anterior pode prejudicar a performance esportiva: um estudo recente apontou que beber no dia anterior à prática intensiva de esportes afeta negativamente o desempenho muscular, diminuindo a força e aumentando a fadiga5.

Além de prejudicar o desempenho esportivo, o consumo de álcool pode afetar a recuperação do organismo após a atividade física. Uma revisão recente de literatura aponta que, mesmo que o consumo de álcool após atividade física não afete muitos parâmetros importantes da recuperação corporal, os níveis de cortisol tendem a aumentar e o nível de testosterona tende a diminuir, prejudicando a síntese de proteínas musculares, indicando um prejuízo na saúde muscular a longo prazo6

De maneira geral, a performance esportiva é afetada por múltiplos fatores. Para aqueles que não abrem mão de consumir álcool e praticar esportes, reiteramos as palavras da dra. Luciana Haddad, em sua entrevista dada ao CISA:

Primeiro, nunca beber imediatamente antes de um treino, sempre ter um intervalo de, pelo menos, uma noite. Caprichar no consumo de água e na alimentação quando fizer uso de álcool. Isso vale também no pós-treino: se você quiser tomar uma bebida alcoólica depois de ter treinado, fazer bastante hidratação com água ou alguma outra bebida com eletrólitos, junto com o consumo de álcool. Então, não fazer o uso exclusivo de álcool e também caprichar na reposição energética e no consumo de carboidrato e proteína”.

 

Additional Info

  • Referências:
    1. Kaplan ABDE S, Osman Kivrak ACD A. The effect of acute dehydration on agility, quickness and balance performance in elite wrestlers. Phys Educ students [Internet]. 2021 Jun 30 [cited 2022 Oct 17];25(3):149–57. Available from: https://sportedu.org.ua/index.php/PES/article/view/1419
    2. Kuki´c FK, Dawes J, Orr R, Heinrich KM, Ceylan B, Kons RL, et al. Acute Dehydration Impairs Performance and Physiological Responses in Highly Trained Judo Athletes. Biol 2022, Vol 11, Page 872 [Internet]. 2022 Jun 6 [cited 2022 Oct 17];11(6):872. Available from: https://www.mdpi.com/2079-7737/11/6/872/htm
    3. North M, Kelly AL, Ranchordas MK, Cole M. Nutritional Considerations in High Performance Youth Soccer: A Systematic Review. J Sci Sport Exerc [Internet]. 2022 Jul 6 [cited 2022 Oct 17];4(3):195–212. Available from: https://link.springer.com/article/10.1007/s42978-022-00171-3
    4. Sekiguchi Y, Adams WM, Curtis RM, Benjamin CL, Casa DJ. Factors influencing hydration status during a National Collegiate Athletics Association division 1 soccer preseason. J Sci Med Sport [Internet]. 2019 Jun 1 [cited 2022 Oct 17];22(6):624–8. Available from: http://www.jsams.org/article/S1440244018312453/fulltext
    5. Shaw AG, Chae S, Levitt DE, Nicholson JL, Vingren JL, Hill DW. Effect of Previous-Day Alcohol Ingestion on Muscle Function and Performance of Severe-Intensity Exercise. Int J Sports Physiol Perform [Internet]. 2021 Jul 5 [cited 2022 Oct 17];17(1):44–9. Available from: https://journals.humankinetics.com/view/journals/ijspp/17/1/article-p44.xml

    6. Laki´cevi´c N, Laki´cevi´c L. The Effects of Alcohol Consumption on Recovery Following Resistance Exercise: A Systematic Review. J Funct Morphol Kinesiol 2019, Vol 4, Page 41 [Internet]. 2019 Jun 26 [cited 2022 Oct 17];4(3):41. Available from: https://www.mdpi.com/2411-5142/4/3/41/htm

     

Rua do Rócio, 423 Salas 1208/1209
São Paulo - SP - 04552-000

Tel: +55 11 91257-6108

Dúvidas: contato@cisa.org.br
Parcerias: parcerias@cisa.org.br

Assine o nosso Boletim

CISA, Centro de Informações sobre Saúde e Álcool