Mecanismos que regulam a interação entre álcool e hipertensão

15 agosto, 2005

Artigo publicado no Journal of Hypertension descreve os possíveis mecanismos responsáveis pela interação entre álcool e hipertensão.

Resultados de estudos pregressos sugerem que os efeitos do etanol sobre a pressão arterial (PA) são heterogêneos. Quando os dados são analisados, encontram-se duas populações: um grupo que é sensível aos efeitos do álcool sobre a pressão e outro grupo que é insensível. Ao redor de metade dos normotensos e quatro quintos dos indivíduos que são dependentes de álcool e hipertensos apresentam alterações significativas na média da PA em 24 horas e podem ser classificados como álcool sensíveis. Este comportamento sugere influência genética na gênese da hipertensão relacionada ao álcool.

Os mecanismos da hipertensão relacionada ao álcool não são totalmente compreendidos e há várias hipóteses, dentre elas:

  • Ativação do sistema renina – angiotensina – aldosterona;
  • Descarga adrenérgica central;
  • Secreção de cortisol;
  • Redução da sensibilidade à insulina;
  • Variabilidade da frequência cardíaca;
  • Efeitos diretos do etanol sobre a musculatura periférica, entre outros

De forma simplificada, a ativação destes mecanismos implica em acúmulo de sal e água e aumenta o tônus dos vasos (o grau de contração dos vasos), o que, por sua vez, culmina com o aumento da PA.

Outros estudos sugeriram que o efeito do etanol sobre a PA seria verificado quando da retirada do álcool, mas a dosagem de substâncias que se alterariam nesta situação não se modificou. Além disso, a PA seria mais elevada quando os pacientes se tornassem abstêmios, o que também não se verificou.

Sabe-se então que o impacto do etanol sobre a hipertensão é variável e parece ter influência genética, relacionando-se ao consumo e não à retirada do mesmo. Por outro lado, permanecem incertos os mecanismos que regulam a interação álcool e pressão arterial.

Additional Info

  • Autor(es): R. Estrucha; A. Cocaa; J. L. Rodiciob
  • Fator de impacto da revista: 3.0
  • Título(s) original(is): Mechanisms of alcohol-related hypertension
  • Fonte:

    Journal of Hypertension, 23(1):226; 2005