Estudo mostra que o consumo pesado de álcool está associado a um maior risco de câncer de próstata e pode resultar na ineficácia do tratamento preventivo com o medicamento finasterida.

O uso de bebidas alcoólicas por menores de idade está relacionado ao maior número de óbitos de jovens do que todas as drogas ilegais somadas.

O CISA desvenda mitos sobre o álcool e dá recomendações para que os foliões aproveitem o Carnaval sem riscos!

Os parentes estão envolvidos desde a adesão ao tratamento até a superação das dificuldades.

Álcool e Jovens

julho 30, 2007

O uso precoce de álcool por adolescentes está associado com exposição a riscos e uma série de complicações à saúde tais como prática de sexo sem proteção, maiores índices de gravidez, aumento no risco de dependência de álcool em idade adulta, mortes por traumas  e queda no desempenho cognitivo e escolar.

Quando a recaída acontece, o paciente não deve se sentir envergonhado ou fracassado. Saiba mais!

Conheça os principais padrões de consumo de álcool mencionados na literatura científica.

Nos últimos 30 anos estudos científicos indicaram que o uso moderado de álcool reduz a incidência de doenças coronarianas, em especial de enfartes do miocárdio.

O CISA considera inaceitável o consumo de bebidas alcoólicas por crianças e adolescentes.

Página 1 de 2

Rua do Rócio, 423 Salas 1208/1209
São Paulo - SP - 04552-000

Tel: +55 11 3842.3388
contato@cisa.org.br

Assine o nosso Boletim

CISA, Centro de Informações sobre Saúde e Álcool