Onde procurar ajuda?

Quando o álcool passa influenciar negativamente a saúde, rotina, funções acadêmicas e/ou profissionais e as relações pessoais é hora de buscar ajuda.

O indivíduo deve procurar ajuda com profissionais da saúde quando ocorrem situações nas quais o álcool possa influenciar negativamente a saúde física e/ou rotina, funções acadêmicas e/ou profissionais e as relações pessoais. É importante ressaltar que o tipo de ajuda mais adequado para cada pessoa depende de suas características pessoais, da quantidade de bebida que costuma ingerir e se já apresenta problemas de ordem emocional, física ou interpessoal decorrentes desse uso. Diante dessa complexidade, recomenda-se que procure um médico clínico geral ou psiquiatra para que passe por avaliação diagnóstica detalhada e o tratamento mais adequado seja instituído.

Nos casos em que o paciente preenche critérios diagnósticos de abuso ou dependência do álcool, ele deverá contar com acompanhamento médico para assegurar o sucesso do tratamento, que varia de acordo com a progressão e gravidade da doença.

Os principais tipos de abordagem de tratamento disponíveis para indivíduos que possuem problemas com o álcool são: farmacológica; psicológica; grupos de ajuda mútua (como "Alcoólicos Anônimos") e comunidades terapêuticas. Alguns pacientes se beneficiam mais de um determinado modelo do que de outros.

No Brasil, os mais conhecidos tratamentos gratuitos especializados em dependência química são os Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPSad) e Hospitais públicos e conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Caso esteja com dificuldades em encontrar o serviço público mais próximo de você, sugerimos que acesse o seguinte link: Ministério da Saúde - Área Temática: Saúde Mental

Rua do Rócio, 423 Salas 1208/1209
São Paulo - SP - 04552-000

Tel: +55 11 3842.3388
contato@cisa.org.br

Assine o nosso Boletim

Copyright © 2020. CISA, Centro de Informações sobre Saúde e Álcool