Os parentes estão envolvidos desde a adesão ao tratamento até a superação das dificuldades.

Atenção para a quantidade e frequência que tem ingerido bebidas alcoólicas

Isolamento social pode ser fator de risco para consumo nocivo de álcool.

Este artigo analisa as origens religiosas/espirituais do programa do AA e contrasta sua teoria com resultados científicos sobre os mecanismos de mudança de comportamento.

Álcool e sono

maio 12, 2020

O sono é essencial para nossa saúde física e mental, e sua alteração pode piorar diversos quadros de saúde, como diabetes, doenças renais, cardíacas e depressão. A relação causal entre os distúrbios de sono e o consumo do álcool parece ser mutuamente reforçadora: a dependência dessa substância pode causar ou piorar distúrbios do sono, criando um círculo vicioso. Em uma revisão narrativa da literatura científica, Reid-Verley et al. (2020) discutem as interações entre consumo de álcool e sono.

Pessoas com transtornos por uso de substâncias podem ser mais vulneráveis ao coronavírus.

Quando o álcool passa influenciar negativamente a saúde, rotina, funções acadêmicas e/ou profissionais e as relações pessoais é hora de buscar ajuda.

Para mais informações, acesse: Onde buscar ajuda? - https://cisa.org.br/index.php/encontr...

Rede CAPS - https://sage.saude.gov.br/paineis/pla...

Ainda que, para a maioria das pessoas, beber não traga problemas sérios, uma parcela da população o faz de forma perigosa.

Saiba quais são as situações em que qualquer quantidade de álcool pode ser prejudicial e os motivos dessa orientação.

Rua do Rócio, 423 Salas 1208/1209
São Paulo - SP - 04552-000

Tel: +55 11 3842.3388
contato@cisa.org.br

Assine o nosso Boletim

CISA, Centro de Informações sobre Saúde e Álcool