Aumento do consumo de álcool durante a pandemia foi associado a sintomas de depressão e ansiedade